Vírus no Pendrive: o que fazer?

O pen drive funciona como uma mala de viagem, em que colocamos tudo o que vamos precisar quando estamos fora de casa: para onde quer que vá, lá está o dispositivo móvel pronto para ser espetado no computador.

Entretanto, nem todos os computadores estão livres de alguma ameaça e quando eles infectam os pen drives, o computador pessoal está em perigo. A maioria dos vírus que costumam se alojar em pendrive possui pelo menos dois componentes. Um deles é o arquivo chamado “autorun.inf”. Ele é um arquivo que, por si só, não é um vírus.

O Autorun é responsável por iniciar arquivos do pen-drive e outros dispositivos de mídia removível quando são conectados ao PC. Entretanto, o antivírus o detecta como um vírus. Ele faz isso porque o arquivo “autorun.inf” não atua sozinho. Ele contém códigos responsáveis por iniciar o verdadeiro vírus (segundo componente) que está escondido em uma pasta de sistema no computador (system32) ou mesmo no pen drive (Recycler). A pasta varia de acordo com o tipo de vírus e pode até ser encontrado em outras pastas.

Por isso, às vezes, é necessário utilizar diversas ferramentas para eliminar uma ameaça. Como resolver o problema Primeiramente, procure atualizar o seu antivírus e faça uma varredura no seu computador. Em seguida, espete o pen drive na porta USB e tente remover novamente o vírus. Nesse momento, é possível que o antivírus já tenha desenvolvido uma forma de eliminar essa praga e não será necessário recorrer para outros meios. Caso isso não resolva, é preciso agir mais bruscamente e desativar o sistema de autorun dos dispositivos móveis.