Sempre existiu a máxima de que banco de dados deveria rodar, unicamente, em máquinas físicas. Com as novas tecnologias de virtualização, isso não é, exatamente, uma verdade irretocável. Contudo, é preciso entender se o hardware e/ou máquina virtual está configurado adequadamente, e se, os recursos disponíveis são suficientes para atender às demandas impostas ao banco de dados. Capacidade e configuração incorreta de hardware e máquinas virtuais, podem representar boa parte de uma performance baixa. Mas, jamais acredite que "basta acrescentar mais hardware que tudo se resolve" - nós não acreditamos nisso. Nós preferimos resolver problemas de performance com inteligência e não fluxo de caixa.