Conteúdo Programático MySQL for Developers


O treinamento HTI MySQL for Developers é destinado a desenvolvedores (programadores) em qualquer linguagem de programação que desenvolvam aplicações que fazem uso de banco de dados MySQL. A HTI ministra treinamentos Oficiais MySQL desde 2007, consagrando mais de 7 anos de experiência nesse banco de dados.

 Alguns dos benefícios de realizar seus treinamentos com a HTI Tecnologia:

  •  Qualidade HTI Tecnologia
  •  Eleita 2 vezes consecutivas como melhor “AMEC” (Authorized MySQL Education Center)
  •  Material didático Oficial Oracle
  •  Instrutores Seniors com grande experiência no mercado 
  •  Turmas com número reduzido de alunos para maior aproveitamento

- Trabalhamos com turmas fechadas, in company e online ao vivo (não é EAD Trabalhamos EAD) 

Objetivos do Treinamento: O objetivo do treinamento HTI de MySQL for Developers é desenvolver aplicativos que são armazenados no servidor de bancos de dados MySQL, tais como Stored Procedures, Triggers, Views, Cursors e Functions.

Pré-Requisitos: Ter frequentado MySQL 5.0 for Beginners, MySQL 5.0 for DBA, ou ter experiência em bancos de dados relacionais. É fundamental que o aluno tenha conhecimento de alguma linguagem de programação e lógica.

Público alvo: Desenvolvedores (programadores)

Carga horária: 28 horas

  • Certificação: Após a conclusão do treinamento MySQL for Developers (DEV), o aluno estará apto a prestar as duas provas, DEV-I e DEVII, para a obtenção da certificação CMDEV.
  • Arquitetura básica do MySQL cliente/servidor
  • Utilização dos principais programas clientes MySQL
  • Uso do programa cliente mysql (linha de comando) para executar consultas e outros comandos
  • Realizar consultas e análise de dados usando o MySQL “Query Browser”, interface gráfica (GUI)
  • Introdução aos “storage engines” e conectores MySQL que fornecem a conectividade para os programas clientes e aplicações
  • Selecionar o melhor tipo de dados (data type) para armazenar informações
  • Gestão de tabelas e base de dados
  • O comando “SELECT” para recuperar informações do banco de dados/tabelas. Revisão de seu uso básico e suas clausulas componentes. Aspectos avançados.
  • Como utilizar expressões e funções nas instruções SQL para recuperar informações mais detalhadas 10 - Utilização de instruções SQL para modificar o conteúdo das tabelas de dados
  • Escrever expressões (comandos SQL) agregadas (“joins”) para obter informações de várias tabelas de uma só vez
  • Utilização de consultas aninhadas, conhecidas como “subqueries”, em seus comandos SQL
  • Criação de tabelas virtuais “views” utilizando comando “SELECT” para esconder a complexidade de suas consultas, aumentar a segurança e economizar tempo
  • Importação e exportação de dados, em texto (txt), lógica (sql), XML, e, HTML
  • Criação de variáveis definidas pelo usuário, consultas pré-compiladas, declarações de rotinas
  • “INFORMATION_SCHEMA” (banco de dados para acesso meta-dados)
  • Depurar aplicações MySQL
  • Identificação de consultas lentas ou com problemas e como melhorá-las
  • Criação de gatilhos “triggers” para automatização de banco de dados, distribuindo carga entre servidor de dados e servidor de aplicação 20 - Criação de funções e “procedures” afim de: aliviar o servidor de aplicação, gerar uma biblioteca única de funções intercambiável entre diversas linguagens e plataformas, reduzir o tempo de desenvolvimento 21 - Manipulação de erros (errors) e advertências (warnings)
  • Uso de cursores para aumentar a abrangência e o poder suas funções e “procedures”